sábado, 24 de dezembro de 2016

Sem domador

A vontade de você se manifesta no meu olhar
e você,
sensitivo,
me lê todinha sem eu precisar dizer nada
não posso fugir

Infla tão bem meu despudor
que sinto me conhecendo melhor
e com profundidade
nessa troca
você
me morde e me engole
meu corpo clama pelas suas mãos
meu fogo implora sua língua
toda sua

As palavras tentam traduzir, em vão, aquilo que só se pode sentir
agentes silenciosos
os carinhos
o infinito de beijos
o suor
o desejo que pulsa
em meio ao calor do verão
e da confusão do colchão
meu piercing agarra no seu
-tudo em nós tem vida própria e quer ficar o mais perto possível do outro-

Me sinto gigante ao te amar
inspirada
e infinita de me amar.
Meu corpo cheio desse sentimento já não pertence a nada obrigatoriamente,
somente por escolha própria
libertação
a liberdade de ser e ter amor


amor é respirar em paz



sexta-feira, 18 de novembro de 2016

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Sem saco pra festa hétero por um tempo

Odeio briga,
me meti numa briga.
Sabendo que não tive culpa,
senti ela mesmo assim.

É machismo. Eu sei.

"você estava sozinha, procurou por isso",
"você estava dançando, se insinuou",
"se você estivesse com algum homem do lado isso não teria acontecido",
"vocês brigaram de igual pra igual".

O ego do homem é tão grande que não sabe lidar com um "não"
"não são todos" eles dizem.
Ouvir isso me faz ter mais certeza quanto ao fato de que os homens acham que o o mundo gira em torno do pau deles.
Digo "homens" em âmbito social, não de cada um como ser único, se orienta e me economiza. Se a carapuça serviu a culpa não é minha, aproveita a oportunidade e reflita caladinho.

O mundo gira e vacilão roda.
Amém.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Sonho de verão

Sua íris combina
tão bem
com o sol da nossa manha

seus olhos
de menino
que arranca minha roupa 
sem precisar tirar
me mastigam em silencio 
e me engolem pra dentro do seu mundo magico 

através da tua boca
desliza o livre decassílabo de poesias
sem métrica
sem freio
naturalmente

seu brilho
um raio de luz no meu coração
nas minhas frestas
e janelas
em meio a um milhão de paradoxos
o medo que some
pelo teu olhar paralelo perpendicular ao abismo do sentir


Você me entrega o olhar
eu te devolvo o mundo
vem.


quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Par

Me permiti uma nova historia, novos sentimentos, novas confissões, nova conexão magica espiritual e estou cada dia mais grata ao universo por essa bela e carinhosa novidade, que tem nome, sobrenome, uma cama quentinha, um toque gostoso e sempre sabe as palavras certas a dizer.
Você me transborda e eu não tenho medo da água que sai do meu aquário, aprendi que o que importa é o que fica, não o que vai.
Vem e me enche de tudo que seu coração enorme e lindo tem.

São 4:48 da manha de uma dia da semana qualquer, sem sono, sigo sonhando de olhos abertos, agarrada ao seu colar, cheirando e apertando, vivendo a sinestesia que é estar longe, sentir seu cheiro no colar e te encontrar aqui comigo, quentinho no abraço, sussurrando mais um do seus elogios, que você teme estar enchendo demais minha bola com eles. Mas, não é isso que acontece pra mim, todo esse carinho, revertido as vezes em elogios, demonstra mais reciprocidade e sintonia entre nós.

Esse amor intenso, que foi acontecendo no seu próprio tempo, de modo gradual, constante e progressivo, foi um interesse mutuo a primeira vista, coisa de destino (vc acreditando ou não), um laço do universo.
Não quero saber do depois, nem do antes, só o agora me interessa. E, agora, tudo que eu queria era deitar na sua cama e ficar te comendo com os olhos.
O fogo da sua existência ganha mais força com os sentimentos incessantes do meu ar.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Vem morar no meu azul

Sentindo falta do seu cheiro,
do seu pescoço,
do seu cabelo bagunçado.

Dos seus lábios pronunciando meus dois nomes com tanta vontade,
da sua boca com dentinhos perfeitos,
do cheiro de cigarro que fica na sua barba,
de você me comer com os olhos.

Sentindo falta de ser sua.
Nua e viva, ao seu lado,
te olhar e te querer mais e mais a cada suspiro,
a cada beijo.

Você me atravessou como um cometa,
seu brilho me envolveu e cativou,
me apaixonei pelo corpo e pela alma.

Te quero sem posse.
Te espero alimentando um amor que é só seu.


quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Pedra, pedra, até que...

  Eu gosto muito de você, desde que você apareceu tudo tem mais cor, tem mais sentido, sair de casa é mais divertido, estar com nossos amigos ganhou um motivo a mais pra ser a melhor coisa do mundo.
Te definir é fácil, você é tão você!
Olho pra você e só penso em tirar minha roupa, quero transar no quarto, na sala, na cozinha, na rua, em pensamento e com o olhar.
 Um infinito de adjetivos pra definir, porem, sem limitar você, espontâneo, autentico, bonito, áurea colorida, coração gigante, criatividade sem barreiras, divertido, poeta, escritor, inteligente, admirável. Não me canso de pensar na sorte que foi a gente se esbarrar por esse mundão.
Seu toque me aquece até o pé, que é sempre tão gelado, o coração, então, nem se fala.
   Não to sabendo lidar com toda essa paixão, de dormir e acordar sorrindo com você ao lado, incansável em me agradar, me deixa até sem jeito, sem chão, sem rumo, já que único caminho que eu tenho gostado de fazer é o da minha casa pra sua.
   Ainda despreparada pra te mostrar o que escrevo, sigo falando pro nada nesse blog, plantando e regando aqui essa nova paixão, em um lugar que já floresceu tantos outros amores, alguns finalizados, outros inacabados, cheios de virgula e reticencias que se alimentam da saudade, mas sempre tão intensos e verdadeiros.

Você, que poetiza tanto o mundo, é um poema por si só aos meus olhos.
O universo apontou pra você e eu me joguei nesse abismo que é sentir.


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Paixão:

ato ou efeito de se apaixonar por algo ou alguém interessante.  
É quando o beijo e o abraço encaixam de primeira, 
É quando, andando um do lado do outro na rua, as mãos parecem imãs. 
É quando você dorme segurando a mão da pessoa. 
É inventar qualquer assunto pra puxar conversa. 
É quando sua noite fica horrível, mas a pessoa se esforça pra fazer tudo melhorar e funciona.
É quando eu baixo umas cinco musicas só porque tem seu nome nelas.
É olhar e já querer tirar a roupa.
É quando eu te olho fixamente, você me pergunta o que eu to pensando, e eu digo que é nada, sendo que na real é tudo, só não sei como dizer isso.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

E ai?

Não consigo mais escrever sobre você,
não tenho mais o que dizer.

Estou cansada da redundância eterna do gostar de você, você ser gentil até a hora que lhe for conveniente e, do nada, desaparecer, me fazendo despedaçar de desgosto por sentir algo bom por você, mesmo depois de repetir esses passos tantas vezes e continuar reaparecendo como se não tivesse feito nada.
Olho suas fotos e não sei quem é você mais
-talvez você sinta o mesmo comigo-
dois íntimos desconhecidos,
atores de um filme que já esta subindo os créditos há um tempo, 
retardando um fim inevitável.

Ainda bem que até nossos desencontros viram poesia aos meus olhos, senão toda a historia seria só aquele pontinho de tristeza que nos faz pensar e pesar as teorias de amores líquidos. 
Previsível e violenta conclusão pra um pobre coração, cuja a dona tem venus em peixes e adora fantasiar.

Minhas palavras se tornaram os braços que te abraçam no adeus,
já que eu mesma não posso fazer isso.

domingo, 31 de julho de 2016

Acordar

E tudo que sempre foi bonito, se tornou um barco furado que, cada dia mais, era inundado pelo mar das brigas, dos desentendimentos e da falta de paciência.

Ainda tem amor, só não tem mais a vontade de nós.

Pulo do barco, mesmo tendo medo de mar, ganho confiança nessa jornada de volta a terra firme por saber que sei nadar muito bem...

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Sinal

Te vi e meu mundo voltou a ter cor no mesmo instante, depois de tanto tempo, alguém colocou de novo o melhor sorriso no meu rosto e no meu caminho.
Fiquei te olhando do outro lado da rua e pensando "nossa, como eu tenho sorte de ter esse brilho todo voltado só pra mim nesse momento".
Pareceu uma eternidade até o sinal fechar, mas uma bela eternidade de 10 segundos, porque eu estava fazendo a coisa que me faz mais feliz desde que você foi embora, te olhar de pertinho.
É tudo natural, os olhares, os abraços de reencontro, as primeiras frases meio sem graças, o silencio entre nós de quem não se vê ha muito tempo, mas ao mesmo tempo de quem sabe que é o silencio dos íntimos. É sempre uma sensação diferente das outras vezes.
Eu amo você, e eu amo o nós diferente que criamos, amo a saudade só porque ela é sua e amo a historia sem fim que a gente vive. 
Não preciso de promessas, as situações fluem e se fazem sozinhas a nosso favor, só preciso saber que me ama em qualquer lugar desse mundão.
Agora vem cá, abraça toda essa loucura - eu - que você tanto gosta. 
Hoje nossa conexão ta sendo feita de pertinho. 
Vamos aproveitar enquanto ainda não é meio dia...



segunda-feira, 4 de julho de 2016

Its a long way

parte de mim
te procura 
sempre que algo doi

meus olhos repletos de te desejar
esperam o dia que você fique
ou que eu vá
dando mais razões há essa conexão
que atravessa oceanos

a linha tênue entre o pra sempre e o jamais
não me preocupa mais
e, no momento, eu só queria tá ai
nesse lugar que você falou que tem pra mim:
embaixo do seu edredom

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Surto

    Existem duas opções nos relacionamentos, ou você fica com a pessoa pra sempre ou em algum momento vocês romperão, ambos são igualmente assustadores.
Penso se algum dia terei alguém "para sempre", já que adoro ficar sozinha vivendo o mundo criado na minha cabeça e canso muito rápido da rotina estafante, que é o que os relacionamentos mais antigos demonstram ser e permanecer.
Vivo com um exemplo perfeito de casamento feliz e duradouro dentro da minha própria casa, que obviamente não é nada perfeito, mas que de algum modo as imperfeiçoes os mantem juntos e felizes ao seu modo, e eu não quero isso pra mim.
Tradicional demais, rotineiro demais, tranquilo demais, sem fogo demais, mesmice demais.
   Existem as mãos dadas que significam companhia e existem as que significam vontade, no primeiro caso fica bem claro que até é amor, mas é o amor do costume, o fácil; já o segundo é o querer ficar junto maior que tudo e todos os motivos que vão contra, é um amor que nunca deixa o fogo da paixão se apagar, e é esse que eu queria pra sempre na minha vida.
Temo ser uma ilusão o meu desejo, sinto que o tempo age de muitas maneiras, positivas e negativas, sob as relações e os sentimentos, e acaba sendo cruel com o amor e os seres que se amam.

   Será que ficar mais velho é isso? Ver que tudo ao seu redor te empurra pra seguir os passos de seus pais, o caminho do comodismo, aquele trabalho que você não suporta, na busca por aquele bem material que você não precisa?

Eu quero gritar, mas não posso. 
Alguem me tira daqui, passa aqui e me tira dessa realidade assustadora de pessoas casando, tendo filhos, se tornando seres responsáveis e, pior, respeitáveis na sociedade. 
Eu não quero isso. Não é isso que meu coração pede e meus sonhos encaixam.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Há três coisas que eu estou desejando muito ter agora, as 3:32 da manha da segunda feira:

-meus cigarros
-10g
-você

não necessariamente nessa ordem.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

com-fusão

aumentam o som
You don't know me
tocando ao longe
mas a gente se conhece bem

primeiras, segundas e terceiras intensões
tentando a conexão
os goles no vinho  
os tragos no coyote
os amigos a minha volta
em meio as luzes fortes
a lua que te chama
um voo magico
espiritual
seu sorriso se materializa na minha frente
(é urgente, preciso de um copo d'agua)

Bateu!

a certeza que a vida tem me ensinado a ter:
liberdade
de ser quem a gente é


sábado, 21 de maio de 2016

Me tá fo ras

Sabe quando o Tim Maia falou que o caminhão que atropelou a vida dele tinha o nome dele na placa? 
Então, a corda que me enforca, fui eu mesma que dei o nó.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Voa!

  Com o coração tranquilo e abatida por uma calmaria singular, tá tudo pacifico, sossegado e sereno aqui dentro, como há muito tempo não sinto em relação a certas historias da minha vida.
  As coisas são como tem que ser e não há desespero, mandinga ou palavra de raiva que apresse ou desacelere o que tem que acontecer e na hora que tem que acontecer, tem-se que aprender a curtir o fluxo da vida, tudo é constante na inconstância.
Sempre foi e será assim, e isso não me incomoda mais. Contemplada pelos desígnios de uma força maior, ciente dos ciclos que começam, findam e recomeçam, agraciada pelo universo com momentos melhores do que a minha mente conseguiria planejar sozinha, só agradeço.
  Feliz, emanando positividades, desapegando de contatos do mundo material, por acreditar cada dia mais nas conexões-mentais-telepáticas-inexplicáveis que acontecem na vida, de perto e de longe, os chamados da mente são mais verdadeiros que as palavras soltas no ar.
Lado a lado, mente a mente.
Somos breves, então que sejamos leves com nós mesmos e com quem nos leva no coração.

Segura o que é preciso segurar, o resto joga no vento, e vai nas asas dele.




terça-feira, 19 de abril de 2016

Es más que un mundo de amor

O olho que vê,
a mão que toca,
a boca que sente,
o corpo que fala.

Conexão que busca,
nos sentidos,
sentir,
o encaixe
de uma sintonia singular.


segunda-feira, 4 de abril de 2016

Un-Luck

Seu silencio me despedaçada.

E
eu que não tenho asas
não tenho jeito
não sei manter a pose
não sei sentir de menos 
nem amar de menos 

choro.

Te amar é cair de cabeça no chão por me jogar e não saber voar.

domingo, 20 de março de 2016

Leis, decretos e minhas vontades

Te abraçar, até nossos corações baterem na mesma sintonia, a ponto de ligar nossas mentes em sincronia e ritmo.
Finalizar toda e qualquer distancia, que foi instaurada como lei, e escrever um novo decreto pra nós: estar perto, juntos, coladinhos a ponto da gente mesmo confundir quem é quem.
Quero mais que um encaixe de quebra cabeças, quero a combinação de duas massinhas de modelar, que se tornaram inseparáveis após a mistura. 
E, se mesmo apos toda a confusão, que será causada pela minha nova lei, não ser suficiente pros nosso sonhos se alinharem, que o universo sincronize nossos caminhos de modo imperfeito, porque perfeição nenhuma é tão bom quanto o nós imperfeito e cheio de probleminhas juntinhos.

Que um dia chegue o fim das distancias, dos desencontros e só exista abraços, carinhos, conforto e colisões eternas dos nossos mundos.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Uma eternidade me sentindo um

estranho impar:

eu 
você
eles
nós todos
cada um é
cada um tem
se sente
se vê
se esconde
ama um
sente a falta de um
ou de vários

de perto são todos interessantes e solitários.
somos todos.

quarta-feira, 2 de março de 2016

con-sumindo

leve
me leve
na leva do amor
que é levado pelo barco até o cais
na minha fuga do mundo
ruindo
sem você

só o que mata
pode dar vida
e cada dia te amando é como se fosse uma vida inteira

vivendo
amando
dia após dia
fazendo dos piores
suportáveis
que supostamente
terão um fim
sempre que você estiver aqui
.


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Fragmentos

   Cultivo imensidão de relações superficiais, baseadas na sociabilidade humana.
Criei um limite pra minha privacidade, não deixo que os outros ultrapassem a linha, não falo da minha vida, não quero que falem da minha vida, a opinião de vocês, honestamente, não me importa, não gosto de ser o assunto, nunca gostei.
As sombras me agradam.
Gosto de muita gente, incontáveis multidões de pessoas, mas guardo meus sentimentos e segredos pra quem amo e amo tão poucas pessoas...
  Você, que me conhece, que sabe que me conhece bem, que já falou isso.
Sabe das minhas intensidades desregradas, sabe do meu coração mole e dos meus medos, sabe que tudo muda, tudo esta em movimento, sempre que nos vemos não somos mais os mesmos do ultimo encontro. Você, que não tem nada a ver com perfeição, mas sim com sintonia, que sabe que meu amor por você permanece intacto em meio aos cacos de vidro da vida, que amo tudo que você é, incluindo facilmente as partes ruins.
Quem eu amo me gera um misto de sensações, que juntas me fazem sentir viva.
E de sentir eu gosto muito.


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

O infinito que é sentir

Um filme triste, varias reflexões.
Queria escrever muitas coisas, mas nada sai, só as lagrimas.
Saudades. 
Se não posso dizer, escrevo.

domingo, 24 de janeiro de 2016

23

Acordo
do coma da rotina,
hoje
não há culpa para me apontarem dedos.

Retomo o que entendo sobre mim,
apos tanto tempo me desencontrando
em tudo e todos ao meu redor
quero me reconhecer
volto ao passado - não me interessa mais-
quero o hoje.
Tento escrever o que não se traduz
-por curiosidade ou por saudade-
assino os papeis,
reconheço,
lembro e
assumo minhas escolhas.
Com um certo aperto
me preparo pro futuro
mas, dessa vez, sem ansiedade.
Movimento, sintonia, amor
emociona muito.

Concluo:
chega de dias cinzentos.

Estafada da realidade,
sigo sonhando!!



*(com lagrimas, mas feliz por ter sido lembrada de quem sou e principalmente de sonhar)*


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Em 4 atos:

cantar só pra te ver dançar

escrever só pra você ler

morrer de saudade só pra você vir me ressuscitar

te olhar só pra te amar cada vez mais
.