domingo, 27 de dezembro de 2015

Uni-verso

  Há pouco tempo me disseram que não é saudável estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente - ou mais ou menos isso -, semanas depois lembrei e, como acredito que tudo e todos estão interligados, isso não podia passar batido na minha vida, é um pequeno sinal de ajuda pra quem ta perdida na complexa neblina existencial.
Nisso, conclui que não estou reclamona, estou insatisfeita, passiva, insensível, impaciente com esse tempo, que passa despercebidamente rápido demais, que a gente gasta com obrigações, nos privando de realmente aproveita-lo.
  Me sinto gastando a vida com inutilidades e futilidades sócias, que não trazem crescimento pra alma, é "ter" atrás de "ter" e o "ser" fica excluído, o proposito da alma não é procurado, a força interior não é citada, o caminho pra expansão da consciência e da compreensão do poder único que cada ser carrega é coisa de desajustado da realidade.
Na vida real não tem mais espaço pra sonhador, só pra inercia da rotina...

Tá tudo bem não estar tudo bem, seguir o fluxo não é viver. 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Sinto:

conexões telepáticas reencarnadas por um sentimento tão forte, que é necessário algumas vidas pra senti-lo por completo.
Amor.
Passado, presente, futuro. Vive comigo?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

(me) Leve

Nunca me atento ao perigo que é pegar meu coração e entrega-lo a você.
Sempre.
Assim, tão fácil, tão sincero, tão sem medo.
Segura.
Segura dos meus atos.
Segura meu coração.
Mas não aperta que doi,
doi aqui
e doi aí,
doi no encontro
e na despedida.

Masoquista que sou,
doi amar você
e
amo adorar a dor.



sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Singular

  Surge um arco-iris nos meus olhos sempre que te vejo.Sou toda sua e você é meu personagem favorito, dono das historias que escrevo, das conversas sinceras, das mãos que se procuram e das declarações que escapam.
Existe um imã entre nós e, após todo esse tempo, assumo que parte do meu coração vai ser sempre seu. 
Amo, das qualidades aos defeitos, dos pés a cabeça, cada palavrinha e principalmente a risada contagiante que você tem.
  É você que quero amar, agora, ontem, hoje, amanha, sempre!

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Que assim seja até o fim

Te deixo um pouco do meu amor, 
caso fique sem,
aqui sobra.
Por isso que eu amo 
tanto
e
exageradamente.
Nunca quis
e, nem se eu quisesse,
conseguiria esconder o que eu sinto.
Nem tento.
Autentica
- você disse-.

Dividir, corredores, colchões, cigarros, calçadas, sofas, cangas na grama, rede, cantinhos.
O eu te amo me liberta

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Desabafo tardio

nunca me deu valor 
nunca se deu ao trabalho de preocupar em não ferir meu coração
nunca pensou no meu bem
nunca quis nada real comigo
nunca me tratou como prioridade
nunca me achou importante
nunca se interessou por mim de verdade
nunca deixou de me iludir
nunca fui tão ignorada
nunca fui tão manipulada
nunca ouvi tantas palavras mentirosas
nunca me relacionei com alguém tão egoísta
nunca me esforcei tanto pra alguém me achar maravilhosa
nunca acreditei no que os outros falavam de você
nunca fui tão defensora de alguém
nunca quis enxergar quem você realmente é
nunca quis tanto estar com alguém
nunca sonhei tanto com alguém
nunca gostei tanto de alguém, independente de tudo e qualquer coisa
nunca imaginei que escreveria algo assim sobre você
porque nunca imaginei que tudo isso, que já ouvi muitas vezes de outras pessoas, fossem verdades, e que eu fosse enxergar tudo isso sozinha um dia.

Nunca mereceu míseros dois segundos de todo amor que eu dei, e sempre soube disso...



quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Fundo

   Tenho sentido muito medo, medo de morrer, medo de andar na rua sozinha de noite, medo de estar no lugar errado na vida, de não saber o que fazer, de não entender o sentido das coisas, de me ver talvez no meio de um mar sem corrente dentro de um bote sem remos e motor.
Me sinto amarrada, presa, me agarro em bobagens, uma pessoa aqui, uma musica ali, um canto sozinha no escuro parece cada vez mais aconchegante e isso não me desespera.
Eu queria sumir, grande parte do tempo, e na outra parte queria não ser eu.
Choro sem saber porque, e talvez seja esse o problema, não tem muitos "porquês" que eu possa ou consiga responder. 
   Me sinto poesia demais nesse mundo dark, me sinto em segundo plano na minha própria vida, dando atenção aos outros, ajudando os outros, ouvindo historia dos outros, enquanto to aqui engasgada com todas as palavras que não me deixam dizer, porque no fundo é isso, ninguém liga pra nada, nem pra mim, nem pra você, só pra si mesmo. 
   Me desculpem por não consiguir interromper pessoas, começar uma disputa de quem fala mais de si, uma disputa de super egos gigantes que não cabem em suas próprias vidas e precisam de um pedaço da vida dos outros para si. Me desculpem por não ser aquilo que eu nunca quis ser na minha vida.
Talvez isso tudo só seja falta de algo ou de alguém, talvez esse alguém seja eu mesma...

sábado, 10 de outubro de 2015

Pode ser?

A gente nunca parece simples, mas as vezes até é.
As saudades definem certezas, nessa grande incerteza que é viver.
O corpo tá solto, mas as almas juntas em um laço nos sonhos de cada noite.
E, em meio ao caos da poesia e da poesia no caos, eu só queria saber:
um dia cê fica bem só pra me querer mais?

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Sambinha bom é esse que te traz...

Eu te invado, você me ocupa, e a gente não sabe ao certo as condições de ter um ao outro, mesmo depois de tanto tempo.
Tudo que eu faço é tentar garantir sua volta antes você suma de vez, mas, me desculpa se eu fantasiei demais essa história, é que até hoje eu não entendo se é pra mim que você volta ou se é pra mim que você foge.
Só sei que nenhum segundo ao seu lado foi por acaso, a gente deu continuidade em eternos encontros iniciados em outras vidas.
Só não deixa eu virar nada na sua vida.
Só não me deixa fora do seu coração.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Medo e delírio

Fumo um cigarro, penso em você, não sei definir o que sinto
na maioria do tempo eu acho que te amo sozinha
do tempo que sobra pra você me amar, eu não acredito totalmente nesse sentimento
tem dias que eu só gostaria que você dissesse alguma coisa
qualquer coisa que não me fizesse desistir de você.
Nisso, eu quase te peço pra ficar
e você quase me pede pra ir
a gente vive num eterno quase,
que nunca vira sim, nem não
e, no fim das contas, tudo passa, difícil é saber o que fica.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Com cuidado

  No fundo eu morro de medo de vc querer alguma coisa real comigo um dia.
Tenho medo de só gostar do nosso amor por ele ser quase impossível, improvável, algo ainda não conquistado. Medo do encanto acabar, do encanto ser apenas porque não posso te ter.
  Eu já imaginei como ficaria meu nome com seu sobrenome, como seriam os nomes dos nossos filhos e o que eu faria pra conquistar sua mãe, e esse é o problema, tive muito tempo pra imaginar, na minha cabeça nós somos perfeitos, não quero que a cruel realidade estrague isso. 
Talvez os amores mais bonitos sejam àqueles não consumados.
  Você é um abismo que eu estou em eterna queda, talvez eu bata em um chão de concreto quando esse amor for assumido, talvez o chão seja de grama alta e fofinha.

domingo, 24 de maio de 2015

Deixa

É tudo saudade
em tudo falta
meus olhos tentam te alcançar de longe
meus braços nem se iludem mais
assisto o filme, é apenas o fim
mas a gente sabe que não consegue colocar um fim - ainda bem
não existe um dia em que eu não pense nesse nós cheio de nós
a falta e a esperança me dão um suspiro e me tiram o ar
seus olhos nos meus não devia ser pedir demais
mas também não podia ser menos
não fui, mas me roubou de mim de outro jeito
sonho, acordo e nem sinal de fumaça vem de você
fica mais difícil a cada dia
e mais fácil a cada mês que passa
no meio de tudo, essa é a pior e a melhor parte, o fator temporal
mas eu não te quero meu, eu te quero seu
te prender nunca será minha intenção
.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

  Eu sempre acho que vou morrer de amor, mas no fim das contas é por ele que eu vivo, afinal, na vida as melhores coisas acontecem quando as piores coisas acontecem.
E precisa ser coincidências quantas vezes pra ser considerado destino? 

terça-feira, 5 de maio de 2015

poeminha de coração quebrado

eu te amo do meu jeito
e você do seu
descombina combinando
acerta errando
fala com silencio
sonha com olho aberto
sente sem dizer
chora na saudade
abraça na vontade

a gente mudou-
eu não mudei
você não mudou-
não deu de novo
você foi
você volta?
sobra eu
a saudade
e os beijos que eu não te dei
 quem parte também fica partido?

nós
se não é eterno
pelo menos é intenso

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Eu por mim cê tava aqui...

Tem mil coisas que eu queria te falar 
e outras mil pra te mostrar.
Te quero mil vezes durante o dia
e suspiro saudades mais mil.
Infelizmente não posso te alugar, 
muito menos comprar,
então continuo fazendo aquilo que me restou, 
te amar.

domingo, 19 de abril de 2015

...e no meu coração

Me perco no tempo tentando entender em que momento nossos momentos passaram a ser só lembranças?
Há quantas frases escritas no cantinho da agenda eu te deixei pra atrás? Nenhuma.
Mas não me engano, o único lugar que você fica bem, e tem eu no meio, é nos meus textos...

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Amizade multicolorida

  A gente desencontra, se encontra,se olha, se perde no caminho entre o banheiro e a varanda e se acha no meio de um abraço.
E, quando eu já desacredito de nós, você me beija e desiste no meio, aí quem quer sou eu, te beijo, e a gente fica nessa de beijos inconclusivos, sem um fim e um inicio estranho que só mata a saudades momentaneamente. Você diz que gosta de me beijar, e eu nem preciso responder o mesmo, você me beija e meu coração dispara.
  Você me encosta, sem querer, querendo, mão na perna, abraço, cócegas, e o toque me aquece o corpo, em cinco segundos você reacende o que eu demorei duas semanas pra tentar superar e descubro que não superei a vontade de você.
Tem outros, mas não tem ninguém; tem várias, mas a gente se entende.A gente sempre acaba voltando, acaba se reencontrando de tempos em tempos, essas coisas acontecem e como são boas, né?
Meu cheiro na sua blusa, seu cheiro na minha lembrança, dando cheiros no meu pescoço.
   Sabe como é né, nós já fomos texto e arte, pode dar musica e quem sabe pode até dar certo um dia?

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Entregue

Tirando o pó do nosso abraço,
do nosso beijo.
Guardando o choro da sua chegada pra sua partida,
se você soubesse como gosto de te ver chegando, chegava mais vezes.
Se fosse só a saudade o problema, mas tem sempre algo mais...

quinta-feira, 26 de março de 2015

Linha

  Não sei quanto tempo tem desde que tudo não faz sentido, não lembro quando as coisas estava nos eixos, acho que nunca estiveram. 
Talvez meu eixo seja esse, nunca estar nos eixos.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Eu realmente espero que não venha mais ninguem

  Eternamente apaixonada pela Banda do Mar.
As musicas, o trio, o show, os olhares trocados por Mallu e Camelo durante as musicas, a felicidades de um amor tão nítido pra qualquer um ver e não botar defeito.
  Desde os primórdios foi lido, escrito, cantado e declamado: nunca foi fácil amar! Mas eles, ali, mostravam que amor é coisa de outras vidas, outro universo. 
Amor se for explicado não é amor, é outra coisa, porque amor quando chega, derruba, vira as noites e a vida, vai atrás, pisa fundo, passa os limites da vergonha e grita bem alto "um dia eu vou ficar bem só pra te querer mais", porque você sabe que ela merece mais, e ela sabe que agora você tem mil outras coisas na cabeça, mas ainda assim se amam e não tem explicação racional pra sentirem isso.
  Tinha amor no palco. Tinha amor pra todo lado na galera. Tinha amor dentro de mim. Tem amor pra sempre.
  
Trechinhos que tocaram (tocam) meu coração e preciso eternizar aqui:

"Preciso me ver só
Pra me fazer maior

mas quando você vem
Eu fico melhor..."  - Mais ninguém


"Um dia eu vou ficar bem só pra te querer mais..."
 "Pode ser o que você quer
Ou o que eu tenho pra te dar
Uma vida inteira pra viver
Ou um só segundo pra lembrar..."  - Pode ser


"Meu bem, você pra mim é privilégio..."  - Seja como for

"Faz tempo eu quero passear
E estar por conta de viver
Fazer o que quiser de mim
Me libertar da vida..."   - Faz tempo


"Serei o que sobrar de mim, sem nada a perder..."   - Me sinto ótima

"Fica aqui, fica só comigo, fora desse quarto o mundo tanto faz."  - Muitos chocolates

"Se eu estou aqui é por acaso e pra te ver passar..." - Solar

"Eu sei que o tempo anda difícil e a vida tropeçando
Mas se a gente vai juntinho, vai bem..."  - Olha só moreno


"Prefiro assim com você
Juntinho sem caber de imaginar, até o fim raiar"  - Morena


"Eu quis te convencer, mas chega de insistir
Caberá ao nosso amor o que há de vir..."  - Janta


 "Quero virar sua pele
Quero fazer uma capa
Quero tirar sua roupa." - Sambinha bom

quarta-feira, 4 de março de 2015

Olha e diz

Minhas palavras e o seu silencio tem um caso de amor. 
Toda vez que se veem juntos acabam num dialogo visual,
não tem uma palavra, 
mas a gente sabe bem o que o outro tá dizendo.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Pra você guardei...

  Se saudade trouxesse pra perto seu sorriso ia tá aqui coladinho no meu, suas mãos esquentando as minhas e meus olhos grudados em você.
Seu quarto bagunçado, sua cama que agora é nossa, meus suspiros que tem nome, sobrenome e uma vontade de viver tudo.
  As vezes me da um trem que eu não sei explicar, só sei que preciso te ver, e foto não adianta, chat muito menos, é necessário você ali, carne, osso e todo coração, só me abraçando. Porque é assim, tem momentos que eu não preciso de nem uma palavra, eu só preciso do seu abraço.
Eu não preciso te amar pra sempre, você não precisa me mudar pro seu coração de vez, só deita aqui do meu lado e fica contando minhas pintinhas pra eu me sentir importante pra quem já é pra mim.
Não to chorando não, é que caiu uma saudade aqui no meu olho...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Sinto

Você ainda tá em tudo
mas, na verdade, não tá em mais nada.
Confesso amor,
confesso saudade,
um confesso eterno de sentimentos pra você.