terça-feira, 19 de abril de 2016

Es más que un mundo de amor

O olho que vê,
a mão que toca,
a boca que sente,
o corpo que fala.

Conexão que busca,
nos sentidos,
sentir,
o encaixe
de uma sintonia singular.


Nenhum comentário:

Postar um comentário