segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Secou.

  E aí a gente fica nessa de ter alguma coisa que a gente não sabe direito o que é, mas sabe que ainda tem alguma coisa porque, quando se encontra, não consegue parar de se olhar.
Só que não da mais, aparentemente isso não te machuca, isso de não saber o que está acontecendo entre nós, pois me machuca e muito, me chateia e me deixa sem vontade de sair com outros rapazes, conhecer novas pessoas, te superar. Não da pra fazer desse relacionamento em ruínas a morada dos meus melhores sentimentos.
  Todas as tentativas de tomar porres homéricos para te esquecer foram fracassadas, bebo pra esquecer e acabo lembrando ainda mais. Todas as conversas moles que eu cai em busca de um novo alguém pra ocupar o seu lugar não têm funcionado também.
Não da pra acordar todos os dias de manha, tirar meu celular de baixo do travesseiro na esperança de você ter me mandado alguma coisa e já começar o dia frustrada. 
  Acabou, fim, e dessa vez é sério. Sem recaídas alcoólicas, sem lero-lero pra puxar assunto e saber as novidades. Nem seu sorriso tentador, nem suas palavras bonitas, nem seu abraço aconchegante, nem esse olhar que me devora, nada, nada mais faz valer a pena continuar gostando de você, eu até tenho amor o suficiente por nós dois, mas não parece honesto eu só dar e não receber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário